Nova Ford Ranger tem visual de "picape de luxo" e será vendida no Brasil

Próxima geração será produzida no Mercosul com motor V6 e central multimídia inspirada nos carros da Tesla

A nova Ford Ranger foi revelada nesta quarta-feira, 24, na Austrália. E o que isso tem a ver com o Brasil? Essa é exatamente a mesma picape que chegará ao país daqui dois anos, quando será produzida na fábrica de General Pacheco, na Argentina (de onde é importada atualmente). Como era previsto, o modelo se alinhou aos lançamentos mais recentes da marca, como F-150 e Maverick.

Com o sobe e desce do mercado, seu dinheiro não pode ficar exposto. Aprenda como investir melhor.

É fácil identificar semelhanças da nova Ranger com as ?irmãs?, principalmente na dianteira, que tem faróis maiores invadidos pela grade dianteira. E, ainda que não seja exatamente o mesmo visual, fica clara a inspiração no modelo que vazou meses antes do lançamento ? e que, provavelmente, era um protótipo de estudos. Para laterais e traseira, as mudanças no desenho foram discretas.

Traseira não teve mudanças tão radicais em relação à atualFord/Divulgação

Também há novidades na cabine, que recebeu quadro de instrumentos digital; central multimídia de 12 polegadas na vertical que utiliza o mesmo sistema do Mustang Mach-E (inclusive com comandos por voz e conexão à internet); e volante emprestado da picape Maverick. Na lista de tecnologias, há um aplicativo que permite acionar as travas das portas e o botão de partida pelo celular.

Painel recebeu grande central multmídia, como nos carros da TeslaFord/Divulgação

Por fim, o modelo recebeu uma série de equipamentos, como ar-condicionado bizona, que permite selecionar diferentes temperaturas para motorista e passageiro; sistema start-stop para economizar combustível; controle de descida em rampas; assistente automático de estacionamento; câmeras de 360°; e seletor de modos de condução que muda as configurações conforme o terreno.

Modelo emprestará base para nova geração da Volkswagen AmarokFord/Divulgação

Os motores 2.0 movidos a diesel serão oferecidos em configurações com um ou dois turbos ? só que a marca não revelou os números de potência e torque. Por outro lado, o motor 3.2 de cinco cilindros que é utilizado pela versão topo de linha no mercado brasileiro será substituído pelo V6 3.0 a diesel emprestado da F-150. Por fim, haverá um 2.3 turbo como única opção movida a gasolina.

Investimento na Argentina

Enquanto a estratégia da Ford decidiu encerrar toda a produção nacional no início deste ano, dando fim a modelos como EcoSport e Ka no Brasil, os argentinos receberam investimento de 580 milhões de dólares para modernizar o complexo de General Pacheco ? justamente onde é feita a Ranger ? e aumentar o índice de nacionalização dos componentes, o que reduz a influência cambial.

O futuro do varejo é 100% digital? Entenda assinando a EXAME por menos de R$ 11/mês.

Fonte: Epoca

24/11/2021 14:44

[5]

 

 


 

Guedes decide reestruturar equipe e criar nova secretaria especial

O atual secretário da Receita, José Barroso Tostes Neto, deve ser nomeado para o cargo de adido do governo brasileiro na OCDE, em Paris

Com atraso e aos poucos, atacarejos se rendem às vendas pela internet

A iniciativa ainda é tímida, mas é apontada por especialistas como uma tendência irreversível

Mercado Livre, Americanas e Magalu deverão provar a entrega mais rápida

Conar decidiu que a afirmação terá de ser acompanhada de qual pesquisa e metodologia indicaram que a entrega é a mais rápida

Ver todas as noticias

 

ROLLER CLIPS PERSONALIZADO (cento)
ROLLER CLIPS PERSONALIZADO (cento)
P/N: ROLLP 

por apenas: R$ 295,00

     
Ribbon Colorido CMYKO para DTC1000/DTC1250 Fargo
Ribbon Colorido CMYKO para DTC1000/DTC1250 Fargo
P/N: 045000 

por apenas: R$ 275,00

     
Ribbon Fargo DTC1000 Dual CMYKO-K
Ribbon Fargo DTC1000 Dual CMYKO-K
P/N: 045010  

por apenas: R$ 325,00

     
 


 

 

 

 

 

 



Núvem de TAGS: