Snorkel e pés de pato: os itens necessários para visitar essa exposição subaquática

Em Cannes, a arte também está embaixo d?água, com as esculturas do artista britânico Jason deCaires Taylor

Cannes ganhou mais um ponto turístico além das belas praias e do famoso festival de cinema: um museu subaquático. Feitas pelo artista britânico Jason deCaires Taylor, a exposição permanente no Museu Submerso de Cannes, conta com uma série de esculturas subterrâneas no Mar Mediterrâneo.

As dívidas tiram o seu sono e você não sabe por onde começar a se organizar? A EXAME Academy mostra o caminho

Ao redor da ilha de Sainte-Marguerite foram submersas seis esculturas com o rosto de moradores de Cannes, de crianças a idosos. Feitas de cimento, com pH neutro, as esculturas têm dois metros de altura, pesam mais de dez toneladas e são texturizadas para atrair a fauna e a flora marinha, como a Posidonia oceanica. ?Este tipo de erva marinha é conhecido como 'o pulmão do mundo', pois produz uma quantidade incrível de oxigênio?, contou o artista ao Architectural Digest.

Além disso, os rostos divididos ao meio e com tamanhos diferentes, foram feitos desta forma a fim de, a parte maior do rosto estar relacionada a uma máscara, enquanto o outro lado, menor, com um rosto real. A intenção de ter dois lados com tamanhos diferentes é uma metáfora aos oceanos que, ?por fora parecem fortes e indestrutíveis, mas abaixo da superfície são frágeis e precisam de proteção?, disse o artista. 

Posicionado em águas claras e rasas, de dois a três metros abaixo do nível do mar, é possível visitar as obras apenas com um snorkel. Barcos não são permitidos nos arredores das obras.

A instalação das obras no fundo do mar, próximo à ilha de Sainte-Marguerite.Jason deCaires Taylor/Reprodução

O projeto, financiado pela prefeitura da cidade francesa, tem a intenção de ?atrair mais pessoas para o fundo do mar?, disse deCaires Taylor sobre a finalidade do trabalho em trazer uma conscientização ambiental. Com o trabalho, o artista pôde contribuir com a limpeza das águas, ao retirar detritos do local.  ?Havia muito lixo, como canos velhos, motores de barco descartados e cabos?, diz deCaires Taylor ao AD. ?Acho que temos um conceito errado de que o mundo subaquático é lindo, cheio de recifes de coral, mas nem sempre é o caso?, completou.

Este não é o primeiro trabalho submerso de deCaires Taylor. Desde 2006 o britânico vem ?afogando? suas esculturas. Pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico, mais de mil esculturas servem como recifes de coral artificiais, de Cancun às Maldivas, passando pela Austrália e Espanha. Seu próximo projeto, programado para este ano, será em Chipre.

Fonte: Epoca

05/03/2021 14:33

[8]

 

 


 

Abertura no comércio: rodízio para alcançar o equilíbrio

O comércio em geral paga a conta pela pandemia, sem qualquer contrapartida ou auxílio financeiro, em meio a políticas criadas sem clareza

Wilson Ferreira, ex-CEO da Eletrobras, renuncia ao conselho da estatal

Anúncio acontece nesta sexta-feira, pouco tempo depois de o executivo assumir cargo na BR Distribuidora

Assim como um mandacaru de Alagoas, Renan Calheiros sobreviveu à estiagem

É bom que o governo Jair Bolsonaro reforce o gibão e a perneira para enfrentar seus longos e afiados espinhos

Ver todas as noticias

 

CARTÃO PVC BRANCO CX C/ 100 UNID
CARTÃO PVC BRANCO CX C/ 100 UNID
P/N: CPVC-100 

por apenas: R$ 99,00

     
Cordão para crachá personalizado (cento)
Cordão para crachá personalizado (cento)
P/N: CX 

por apenas: R$ 290,00

     
IMPRESSORA DATACARD SD 360 DUPLEX - Semi-nova
IMPRESSORA DATACARD SD 360 DUPLEX - Semi-nova
P/N: 506339-001 

por apenas: R$ 9.200,00

     
 


 

 

 

 

 

 



Núvem de TAGS: